Ex-presidente da ACGB Benício Cavalcanti falece na Bahia.

14/07/2020

A pecuária zebuína acordou de luto nesta terça-feira (14/07).

Faleceu na Bahia o pecuarista e ex-presidente da Associação dos Criadores de Guzerá do Brasil (ACGB), Benício Cunha Cavalcanti. Grande entusiasta do zebu, fundou o criatório Guzerá BC e iniciou sua seleção em 1997 na Fazenda Lua Nova, no município de Lajedinho/BA. Era muito atuante na pecuária nordestina e seu criatório até hoje é referência de qualidade na região.



Benício presidiu a ACGB entre os anos de 2003 a 2005, quando desenvolveu projetos para alavancar o crescimento da raça pelo país. Foi um dos fundadores do Núcleo dos Criadores de Guzerá da Bahia e Sergipe, na década de 1990, sendo presidente no período de 2001 a 2005.



O pecuarista e amigo, Marcus Brito, destaca o legado deixado pelo ex-presidente da ACGB. "Falar de Benício é muito fácil. Homem de bem, amigo, íntegro, conciliador, desprendido, estudioso, afetuoso e sempre pronto para aconselhar. Eu perdi um grande amigo; a raça perdeu um grande entusiasta e selecionador; o Brasil perdeu um grande brasileiro. Mas, como ele sempre dizia: “Vamos em frente...”, declara Marcus Brito.

Além da pecuária, atuava também na área de saúde. Era médico ortopedista e conselheiro da Unimed Feira de Santana, entidade da qual foi um dos fundadores, e ex-secretário municipal de Saúde de Feira de Santana.



Benício morava em Feira de Santana, tinha 70 anos e deixa um filho, Tiago Pedreira, irmãos, sobrinhos e muitos amigos.

O corpo será cremado no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador/BA, às 16h, e as cinzas depositadas na sepultura da família.



A diretoria da ACGB solidariza-se com a família neste momento de tão profunda perda.



 



Larissa Vieira


ACGB © | Desenvolvido com por